CRMV-SC aposta no público infantil para alertar sobre morte de animais marinhos no Estado

CRMV-SC - CRMV-SC aposta no público infantil para alertar sobre morte de animais marinhos no Estado
04/10/2019

Aproximadamente 30 mil animais marinhos foram encontrados mortos em Santa Catarina entre 2015 e 2019, segundo relatório do Projeto de Monitoramento de Praias - Bacia de Santos (PMB-BS).
Pinguins, tartarugas e gaivotas são as maiores vítimas da mortandade e a ingestão de resíduos como plásticos estão entre as causas. Mais de 6 milhões de toneladas de lixo marinho são descartadas nos oceanos a cada ano, o que representa 13 mil pedaços de lixo plástico, flutuando em cada quilômetro quadrado de oceano, segundo dados do Projeto Tamar. Muitos animais marinhos ingerem estes resíduos confundindo-os com alimentos.

Neste contexto, o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina (CRMV-SC), por meio de parcerias, criou um gibi educativo sobre o tema. A protagonista da história em quadrinhos é uma tartaruga que fica doente ao ingerir plástico jogado no mar, mas consegue ser salva. A cartilha “Heróis da Natureza” ensina de forma lúdica como o público infantil pode contribuir com o meio ambiente. O material digital já está disponível para download no site do conselho e será lançado no próximo dia 07 de outubro, durante a Sessão Solene Especial em homenagem aos 50 anos do CRMV-SC. O evento, aberto ao público, será realizado às 19h, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis.

As cartilhas serão distribuídas na próxima temporada de verão, no litoral catarinense. “Estamos negociando parcerias com o governo do Estado e prefeituras para viabilizar ações educativas e recreativas no ano que vem. O conceito de Saúde Única - integração entre saúde humana, animal e ambiental, está cada vez mais presente na Medicina Veterinária, por isso abraçamos esta causa social, cumprindo nossa missão de promover o bem-estar da população”, diz o Presidente do CRMV-SC, Médico Veterinário Marcos Vinícius de Oliveira Neves.

O trabalho conta com o apoio do Projeto Tamar, R3 Animal, Projeto Golfinho do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, ONG Remar, Limpar, Ensinar e a Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária de Santa Catarina (Somevesc).
Este é o quinto gibi infantil produzido pelo Conselho, que já abordou em suas outras cartilhas os temas: zoonoses, bem-estar animal, posse responsável e tráfico de animais silvestres. Desde 2014 o CRMV-SC atua em escolas da rede pública de Santa Catarina levando conhecimento sobre estes assuntos com o apoio de Médicos Veterinários voluntários e educadores.

SAIBA MAIS:
O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante de licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo IBAMA. A Univali é a responsável pela coordenação e execução de atividades de monitoramento de aproximadamente 800 km de praias entre Laguna (SC) e Ubatuba (SP). Ao encontrar animais marinhos debilitados ou mortos nas praias ligue para 0800 642 3341. A ligação é gratuita e funciona diariamente das 8h às 17h30min.

Período: agosto/2015 a maio/2019
Animais mortos: 26.564
Animais vivos: 3.265
Aves: 18.572
Mamíferos: 1.649
Répteis: 9.608

Maior indicência:
Pinguim-de-Magalhães - Sphenisccus magellanicus 10.647
Tartaruga-verde - Chelonia mydas - 8484
Gaivotão - Larus dominicanus - 2377
Bobo-pequeno - Puffinus puffinus - 1641
Toninha - Pontoporia blainville - 839 CARTILHA



Voltar ao topo