Por mais cinco anos, o CBCAV poderá emitir título de especialista em cirurgia veterinária

sexta-feira, 09 de outubro de 2020

O Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária (CBCAV) teve a habilitação renovada por mais cinco anos para concessão de título de especialista em cirurgia veterinária. A decisão está na Resolução nº 1361, de 25 de setembro de 2020. Desde 2003, quando teve sua primeira habilitação, o colégio já concedeu mais de 50 títulos de especialista, dos quais 16 seguem válidos. Em função da pandemia de covid-19, a entidade não realizou prova este ano, mas pretende promover exame em 2021.

O médico-veterinário Richard da Rocha Filgueiras, que é especialista em cirurgia veterinária e presidente do CBCAV, faz parte de um grupo de debate de professores de cirurgia das universidades federais. Nesta semana, eles conversavam sobre como estimular que mais profissionais busquem a especialização. “É preciso que o médico-veterinário se conscientize da importância do título de especialista e que ele confere a capacitação do profissional para exercer aquela função”, defende. Richard vai além e diz que essa exigência passa pela sociedade. “No momento em que os profissionais olharem para a importância do título chegará a hora de trabalhar para que a sociedade também compreenda a relevância”.

Habilitação

Para obter a habilitação no CFMV, as entidades devem estar consolidadas e legalmente constituídas há, pelo menos, cinco anos, bem como apresentar ao Conselho Federal os critérios que nortearão o oferecimento dos títulos, como determina a Resolução nº 935/2009.

As instituições ainda devem ter contingentes de profissionais estabelecidos em suas áreas específicas de domínio de conhecimento em, pelo menos, cinco unidades da Federação. A habilitação tem validade de cinco anos e pode ser renovada.

Especialista

Para ser considerado especialista, primeiro o profissional deverá passar pelo processo seletivo promovido pelas sociedades, associações e colégios habilitados pelo CFMV. Depois de aprovado, o profissional deverá solicitar o registro de especialista ao Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) no qual está inscrito.

FONTE: Assessoria de Comunicação do CFMV